X
Subscription
Thank You
Thank you for your subscription
* Required fields
16
Fevereiro
2017
Portugal Ventures investe na sustentabilidade do planeta
A Rigger é uma startup fundada por uma equipa de três engenheiros que desenvolveu a plataforma Trigger.Systems para controlar sistemas de rega de uma forma automática e mais eficiente.
 
A Rigger passa a integrar a carteira de investimentos da Portugal Ventures na área da Indústria 4.0 com um primeiro investimento na empresa de 100 mil euros, o qual poderá ascender a um total de 500 mil euros mediante cumprimento dos objetivos estabelecidos.
 
Fundada em janeiro de 2017 e sediada no Fundão, a Rigger é uma startup tecnológica focada no desenvolvimento e aplicação de modelos de inteligência que permitem controlar sistemas automaticamente. 
 
A plataforma Trigger.Systems que foi desenvolvida pela Rigger permite o controlo remoto de utilização de água com poupanças de 45% do consumo, sendo particularmente relevante para o setor agrícola e entidades que gerem espaços verdes de grande dimensão.
 
Os cerca de 2000 dispositivos que atualmente já estão a ser controlados pela Trigger.Systems, em clientes como a Câmara Municipal de Lisboa, do Porto e de Oeiras, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Grupo Sovena, são o ponto de partida para a meta de 30.000 dispositivos definido pela Rigger para os próximos 12 meses.
 
Segundo Francisco Manso, co-fundador e CEO da empresa, “O investimento da Portugal Ventures vai ser fundamental para dotar a equipa de mais elementos especializados na área de controlo de sistemas, e assim estarmos preparados para os desafios que se avizinham.”
 
Celso Guedes de Carvalho, CEO da Portugal Ventures refere que “o recente investimento na Rigger é muito relevante dado que vai permitir que mais clientes tenham acesso a ferramentas que otimizam recursos, contribuem para uma significativa redução de custos e para a sustentabilidade do planeta. Estima-se que cerca de 300 milhões de hectares em todo o mundo necessitem de sistemas de rega, sendo este um dos principais fatores para a aposta nesta plataforma e na sua internacionalização. “ 
 
O investimento da Portugal Ventures na Rigger é um contributo para a execução do Programa Indústria 4.0, que tem como objetivo apresentar soluções e ferramentas que valorizam, promovem e investem na digitalização da economia portuguesa. 
 
Sobre os prémios e distinções da Trigger.Systems:
Vencedora do IoT Challenge da PT Empresas com acesso ao Passe Alpha para o WebSummit (2016)
Vencedora do Climate Lauch Pad Portugal e Finalista do Climate Launch Pad Europeu (2016)
Finalista do Prémio Farming by Satellite (2016)
Distinção pelo Web Summit no Startup Programme (2015)
 
Sobre os fundadores:
Francisco Manso é empresário desde os 18 anos e acredita na implementação de soluções de baixo custo e com grande impacto a nível ambiental e económico. Engenheiro Agrónomo do Intituto Superior de Agronomia e pós-graduado em micro-controladores pelo Instituto Superior Técnico. Domina as áreas de controlo de rega, modelação de rega, software e hardware. Tem muita experiência prática e conhecimentos na ligação da agricultura à tecnologia. Durante o seu percurso foi várias vezes distinguido: Valmor (2005), Living-Labs Awards (2010), Sustainability Assesssment Tool (ISA, FC, IST), Tacoma USA (2014), WebSummit Startup Programme (2015), Smartcities Barcelona (2015) e é ainda coautor do livro “Água nos Jardins Portugueses”.
 
Sara Gonçalves é Engenheira Agrónoma formada pela Faculdade de Ciências do Porto. Estagiou no Centro de Pesquisa de Ciência Geo-Espacial onde trabalhou em processamento de imagens de satélite e desenvolveu projetos de desenvolvimento de aplicações web.
 
Márcio Martins é Engenheiro de Telecomunicações e Informática pelo ISCTE. Trabalhou para a Portugal Telecom em reporting e debugging de aplicações. Tem experiência no desenvolvimento de aplicações web, nomeadamente nas áreas de segurança e eficiência. 
Share